Lima Rodrigues (Ernestino) II

Estive dois dias a pensar e como o meu grande problema é o facto de não ter com quem desabafar leva-me a voltar à vossa presença, pedindo desde já a vossa benevolência. E vou prosseguir com mais pormenores do que tem sido a minha vida. Enquanto editor-livreiro, mensalmente enviava ao senhor professor Cunha livros para a biblioteca da minha escola e como era obrigado a fazer entrega todos os meses desses livros na Biblioteca Nacional fazia-o pessoalmente, dado que nessa altura era lá alta funcionária a dra. Nídia, minha antiga colega na Escola Secundária Municipal.

Ler mais....

O maior dos mandamentos

Quando perguntaram a Jesus qual era o maior dos mandamentos, Ele não hesitou e disse: amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Somos enviados a anunciar que Deus é amor e a mostrar aos nossos irmãos o Seu rosto misericordioso.

Ler mais....

Balizas na Praia da Areia Branca

Este fim de semana, uma pobre senhora levou uma bolada na cara na praia da Areia Branca! Tudo isto porque a Câmara Municipal da Lourinhã decidiu colocar balizas para que os veraneantes pudessem jogar futebol. Até aqui tudo bem e até aplaudo a ideia. O problema é que quem as colocou ou é destituído de bom senso, ou visivelmente nunca frequentou esta praia e não sabe que quando a maré enche as pessoas ocupam mais a zona onde as ditas balizas foram colocadas.

Ler mais....

Momentos de dor e sofrimento

Ao longo da vida vamos sendo surpreendidos com momentos de dor e de sofrimento. Esses podem ser momentos em que nos deixamos purificar pelo Senhor, para que o fruto da nossa vida seja cada vez mais o amor, para que a nossa vida seja cada vez mais acolher a vida que vem de Cristo, a vida que é o Espírito Santo e que faz dar frutos do amor.

Ler mais....

A metáfora da rã

Se uma rã for colocada em água a ferver ela salta logo para fora da panela. Mas se for colocada em água fria e aquecida lentamente a rã não percebe perigo e será cozida até à morte.

Ler mais....

Imigração para a UE

Os líderes da União Europeia (UE) concluíram acordos para travar a emigração dos países de África e Ásia para os seus países. A UE está a tentar o impossível, tal como a ditadura de Salazar e Caetano tentou impedir os portugueses de saírem para os países mais ricos da então Comunidade Económica Europeia. Não foi a colocação de guardas na fronteira que impediu que as nossas aldeias do interior ficassem despovoadas.

Ler mais....

FacebookYoutubePicasa

Visitantes

mod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcounter
1399
1413
32489
25

Acesso Assinantes